Liberação Miofascial

O que é, quando aplicar e quem pode aplicar.

 

Liberação Miofascial – O que é, quando aplicar e quem pode aplicar.

Hildebrando Vanoni ∣ 14 Jul, 2024

O que é a Liberação Miofascial

A Liberação Miofascial é uma técnica que pode ser usada para prevenir lesões e/ou aliviar dores em diversos tipos de pacientes.

A técnica consiste em aplicar pressão em pontos específicos e deslizamento do corpo com o objetivo de liberar(remodelar) a fáscia, que é o tecido fibroso que recobre os músculos . Além de relaxar as fibras musculares.

A origem da técnica

Apesar do crescente sucesso da liberação miofascial e do aumento da busca por esse tipo de tratamento, a técnica de liberação miofascial é bem mais antiga do que muitos imaginam, sendo que os primeiros registros datam de 300 A.C.

Isso mesmo, desde 300 antes de cristo os Gregos já usavam as técnicas de liberação miofascial nos seus atletas e também nos gladiadores, a fim de aliviar a fadiga muscular devido aos treinos e as rotinas intensas da época.

Apesar de toda essa idade, foi apenas no final dos anos 90 e início dos anos 2000 que a Liberação Miofascial ganhou mais destaque no cenário da saúde.

Como a técnica é aplicada?

A liberação miofascial é comumente aplicada de duas formas, com técnicas manuais e com as instrumentais.

Com as técnicas manuais, o profissional capacitado vai utilizar suas mãos e seu corpo como a sua ferramenta de trabalho, criando pontos de pressão e deslizamentos, realizando manobras com o intuito de liberar(remodelar) a fáscia e músculos 

Atualmente as técnicas instrumentais vem ganhando cada vez mais espaço, e novos instrumentos são criados de maneira recorrente para ajudar tanto os profissionais (para não desgastarem tanto suas mãos) quanto para ajudar os pacientes, que podem receber cada vez mais tratamentos diferenciados.

Quando Aplicar

A liberação miofascial pode ser usada em diversos casos, desde que o profissional fique atento as famosas “red flags”, ou “bandeiras vermelhas” em português, que sinalizam pacientes ou casos específicos em que a liberação miofascial não é recomendada.

As técnicas de liberação miofascial são normalmente utilizadas em pacientes com dores musculares ou com grande fadiga, pontos gatilhos e regenerações como atletas e fisiculturistas.

As áreas do corpo onde mais se utilizam as técnicas são: antebraço, bíceps, tríceps, ombros, glúteos, costas (lombar e trapézios), coxas e panturrilha.

É importante frisar que muitos pacientes vão sentir desconforto durante a execução dos movimentos (que pode ser leve, moderado ou alto), e cabe ao profissional capacitado (se torne especialista em liberação miofascial clicando aqui) entender o que fazer, como fazer e até que ponto fazer.

Para atletas e praticantes de atividades físicas, a liberação miofascial pode ser usada antes de um treino, com o objetivo de aumentar a mobilidade articular, ou depois do treino, com o foco no relaxamento muscular.

É claro que não é necessário que uma pessoa faça a prática de atividades físicas para poder receber os tratamentos da liberação miofascial, basta ela se enquadrar em uma ou mais características como fadiga, dores ou a busca por relaxamento.

Quem pode aplicar as técnicas

Apesar de ser amplamente associada a fisioterapeutas, as técnicas de liberação miofascial podem ser aplicadas por diversos profissionais da área da saúde e por demais profissionais que trabalham com o movimento, como:

 

  • Fisioterapeutas
  • Massagistas
  • Massoterapeutas
  • Educadores físicos
  • Enfermeiros

Conclusão

A liberação miofascial vem caindo no gosto da população por um motivo: ela é eficiente e traz resultados rápidos para os pacientes, é por isso que cada vez mais profissionais estão se especializando nas técnicas e conseguindo assim se tornar referência na cidade e faturar mais com isso.

Se você quer aprender as principais técnicas de liberação miofascial em um curso rápido, prático, com certificado de conclusão e que possui milhares de alunos, você precisa conhecer a minha formação completa em mio aponeurose “liberação miofascial”.

Esse é um curso completo com tudo o que você precisa saber para dominar a técnica e começar a fazer os seus atendimentos.

Lembrando que sessões de liberação miofascial custam entre 60 e 150 reais, ou seja, essa pode ser uma ótima oportunidade para você aumentar a sua renda.

Clique aqui para conhecer todos os detalhes do curso e garanta a sua vaga com condições especiais

Quem sou eu

Dr. Hildebrando Vanoni possui mais de 12 anos de experiência em fisioterapia e é proprietário do Instituto Vanoni, um dos mais importantes e reconhecidos de São José dos Campos.

É professor da Pós-Graduação Inspirar, palestrante em todo o Brasil, formado em Quiropraxia com certificação pela European Chiropractic Internation School e Instituto Omphis de Barcelon, em Reeducação Postural Global pelo reequilíbrio neuromuscular RPG/RNM e possui diversas outras formações como a do McKENZIE Institute International, que o torna um dos profissionais mais experiente, capacitado, requisitado e bem pago da Fisioterapia do Brasil.

Dr. Hildebrando Vanoni
Fundador do Instituto Vanoni